Clarinadas para Casamentos

Cerimônia de casamento é sempre uma atividade que o trompetista se envolve – aqui em Vitória da Conquista eu mesmo toco com o Sexteto Victória.

As noivas desejam entrar triunfalmente aos sons dos clarins à moda da realeza e aí vamos nós, trompete triunfal em punho, fazer a tão famosa “casaca”, para usar a metonímia – sinédoque – mais funesta.

Existem várias clarinadas as quais se tornam quase marcas registradas de grupos que a executam. Eis aqui o começo do imbróglio:  músicos, seres que sofrem algumas vezes acessos de ciúme e egocentrismo, raramente compartilham as tais clarinadas e, em plena era da informação, é coisa rara encontrar uma partitura das ditas cujas.

Como resultado, traídos pelo ouvido e pela preguiça, vemos os vídeos de trompetistas em casamentos plenos de imprecisões, notas e ritmos improvisados e aí vai pelo ralo nossa reputação. Mesmo atribuem às clarinadas autores errados e nomes que os autores nunca pensaram em dar – e a informação via ‘telefone-sem-fio’ se espalha deturpada cada sábado.

Aí vai minha parte para organizar a pelada: 10 clarinadas com, no mínimo, nomes e autores corretos – todas arranjadas para três trompetes. Grade e partes.

Clarinada (Gustav Mahler)

Na verdade não tem nome. É um trechinho na abertura da primeira sinfonia.

Clarinada Tannhäuser (Richard Wagner)

Clarins de Roma (Max Steiner)

Autoria Frequentemente confundida com Verdi.  Composta em 1962 para o filme “Rome Adventure” (Candelabro Italiano).

2001: Uma Odisseia no Espaço (Strauss)

É a Also sprach Zarathustra!

Marcha dos Sacerdotes (Mendelssohn)

É a War March Of The Priests

A Viagem ao Centro da Terra (Rick Wakeman)

Prince of Denmark’s March (Jeremiah Clarke)

É a tal Trumpet Voluntary – Por alguma razão, o autor, Jeremiah Clarke (1674-1707), é sempre confundido com Henri Purcell.  Ficou famosa em casamentos pois foi tocada na cerimônia  de Charles, Prince of Wales, e Lady Diana Spencer (entrada da noiva).

Trumpet Tune (Jeremiah Clarke)

Da semi-ópera The Island Princess – Por alguma razão misteriosa, a autoria desta marcha de Jeremiah Clarke (1674-1707) é também sempre atribuída erroneamente Henri Purcell.  Ficou famosa em casamentos, pois foi tocada na cerimônia  de Charles, Prince of Wales, e Lady Diana Spencer (entrada do noivo).

Fanfare (Eric Fogg) – Bem incomum e complexa, essa fanfarra de 1921 é clarinada perfeita para o seu próprio casamento ou de um trompetista colega (transcrevi um tom abaixo).

Alla Hornpipe (Händel)

Update: A vida de um arquivo nos sites de hospedagem é muito curta. Eis, portanto, os arquivos em outra mídia:

Sobre Abdalan da Gama

Músico em Vitória da Conquista - BA - Brasil
Esse post foi publicado em Livros, sheet music, Trompete, Trumpet e marcado , , , , . Guardar link permanente.

46 respostas para Clarinadas para Casamentos

  1. Edivaldo disse:

    Obrigado meu amigo, toco casamento mas tinha nessecidade dessas partituras clarins.
    O site ajuda muito em concepções de como se estuda trumpet. Deus o abençoe!!!

    • Um prazer compartilhar, Edivaldo. Ótimo que está fazendo bom proveito.

    • rodrigo disse:

      Meu grande mestre saudade de tu, to aqui em aracju tocando em casamentos pense na grande ajuda que essas partituras vão me dar,to sempre lendo seu material grande abraço

    • William Vidal disse:

      Meu caro, muito grato pelo material.
      Estou querendo entrar neste negócio de casamentos, e não tinha o material necessário.

      Agradeço imensamente!!

      Parabéns pelo site e pelas matérias publicadas!!

      Abraços e sucesso!!!

      • Que bom que pude ajudar e que excelente que deseja fazer com o teu som mais nobre o sonho de outros algo inesquecível. Dedique-se e prime pela qualidade total: humana e musical.

  2. Edivaldo disse:

    PARTE I – Aquecimento Anote até mesmo o que imagina que não vai esquecer: ritmos, ligaduras, marcas de respiração, dinâmica, articulação, etc.
    Fundamentais Competências Desenvolvimento (Aquecer) 30 minutos.
    1. Começando o Ar em movimento 05 – Minutos
    2. Vibração dos lábios 05 – Minutos
    3. Lip Buzzing 05 – Minutos
    4. Fluência 05 – Minutos
    5. Ataques 05 – Minutos
    6. Long Tones 05 – Minutos
    PARTE II-
    Técnica Estudo Obs: Dias diferentes, Um mínimo de uma semana deve ser gasto em cada lição, Sugestões para uma prática rotineira … 5 – 20 minutos por seção.
    6. Flexibilidade 05 – 20 Minutos
    7. Stcatto 05 – 20 Minutos
    8. Intervalo 05 – 20 Minutos
    Repertório, Estudos Característicos e Exercícios. Prática Musical 30 a 60 minutos
    Estes tempos podem ser ajustados para mais ou menos
    Anote:
    1- Velocidade (você deveria usar um metrônomo).
    2- Modelo (ligado, staccato simples, staccato k, staccato duplo ou triplo, combinações staccato – legato).
    3- Duração (quanto tempo gastou exercitando?).
    4- Dificuldades (em qual tom sentiu mais dificuldade. Por que?). Descanso:
    Uma regra prática é essa: descanse, no mínimo, tanto quanto tocou. Para desenvolver resistência é importante praticar muitas vezes durante o dia, e não longamente de uma só vez. Toque 30 minutos, descanse 15. Então toque 30 e descanse 30. Toque 30 e descanse 1 hora. Os lábios são músculos; é importante descansá-los freqüentemente.

    Frutos de várias pesquisa e experiencia editei essa tabela de estudo,Sua opinião?

    • Creio o que o principal ponto a ser observado nessa rotina é a ambiguidade.

      No “aquecimento” já está incluído o que você chama de “1 – Começando, o ar em movimento”. A “2 – Vibração dos lábios” é o que se estuda no “3 – Lip Buzzing”, logo não carece ser em dois momentos. Por “4 – Fluência” imagino que o foco são aqueles estudos propostos (ou sistematizados) por Vincent Chicowitz, os quais produzem o efeito do “6 – Long Tones”, notas longas (veja que notas longas é um conceito – mesmo o primeiro exercício de Clarke pode ser considerado estudo de nota longa onde o objetivo é a aceleração do ar com pouca articulação). “Ataque” é um aspecto do staccato, que poderá colocar dentro de um mesmo momento sob o título de “Articulação” que é mais geral.
      Depois veja a ordem dos exercícios. Uma sugestão possível é:

      1- Aquecimento
      a. Buzz, Lip Buzzing, vibração abelhinha (lábios, no bocal ou no leadpipe).
      2- Notas longas
      3- Flexibilidade
      4- Pedais
      5- Articulação
      6- Exercícios Técnicos
      7- Etudes, Característicos, Repertório…
      8- Desaquecimento.

      Rotinas dependem do objetivo então estabeleça claramente o seu.

      Rotinas mais modernas trabalham vários aspectos em um único exercício.

      Espero ter ajudado.

      • Rafael Moreira disse:

        Olá, meu irmão. Já que você tocou no assunto de objetivar nosso estudo, peço sua ajuda ao analisar minha situação: Estudo trompete há anos, mas nesses últimos, infelizmente, tive que parar de tocar. Há poucos dias voltei aos meus estudos e estou querendo direcionar minha prática ao recondicionamento no instrumento. É interessante basear meus estudos nesse cronograma sugerido por você? Achei adequado, mas gostaria de uma segunda opinião.
        E quando você fala em desaquecimento, o que seria?
        Obrigado pela atenção e parabéns pelo Blog.

        Rafael Moreira

      • Olá, Rafael. Parabéns pela volta.

        Bom, estabelecer um cronograma de estudo é, sem dúvida, de suma importância. Minha opinião é que NÃO estude inicialmente Frases, Licks, Transcrições e coisas do gênero – talvez, apenas, como atividade complementar. Estabeleça o foco na edificação dos aspectos rudimentares da prática: sonoridade (e produção correta do som), afinação, articulação, flexibilidade… métodos como o Schlossberg, Arban’s, Iron’s podem ser de grande auxílio para o progresso antes de outras coisas relacionadas à performance ou estilos em particular. Não despreze as primeiras páginas.

        Obedeça religiosamente os períodos de descanso para o fortalecimento dos músculos da embocadura, encontre companheiros de estudo e estabeleça alvos. Espere sempre, com uma atitude mental positiva, sucesso continuado nesse belo instrumento.

        Obrigado pelas palavras e conte conosco.

        Abdalan

      • Alessandro Tavares disse:

        Bom dia, Abdalan!
        Estou precisando de umas dicas e tecnicas de embocadura para trompete, porque tirei aparelho ortodontico essa semana e estou sem embocadura .

    • WAGNER DIAS disse:

      ola boa tarde,eu li e gostei muito,parabens.
      Eu toco na igreja onde congrego to começando agora com os musicos,tenho um pouco de dificuldade nas notas fora da pauta pois as mesmas,sao agudas,toco Trompete,gostaria de saber se vc pode me ajudar.
      Desdeja lhe agradeço pela sua atenção.

      • Continue lendo o material e aproveite as dicas que darei em seguida. Olha, dificuldades no trompete não é privilégio teu; mesmo os mestres enfrentam – apenas, muitas vezes, o tratamento que eles dão a essas dificuldades que é diferente. Aprendamos com eles.

  3. THYAGO NOGUEIRA disse:

    OBRIGADO PELAS DICAS !ABRAÇO

  4. Abelange Silva disse:

    Irei me casar no dia 15 de Outubro deste ano e que gostaria de perguntar ao amigo se tem a partitura da clarinada da rainha, pois não estou conseguindo encontrar. Caso tenha favor enviar para o meu email. Desde já agradeço pela atenção dispensada e que Deus te abençoe……..

    • Não a transcrevi, mas tenho certeza que o trompetista que contratar saberá executá-la sem necessidade da partitura; e já que mencionou eis um desafio: se me disser o nome da clarinada que chamamos “clarinada da rainha”, te dou um presente de casamento. Deus te abençoe e tenha um feliz matrimônio.

      • Abel Silva disse:

        Bom dia amigo. Quanto a partiura consegui encontrar, porém o amigo que estava para tocar encontrou dificuldade porque estava com aparelho ortodôntico. Mesmo assim o casamento ficou além das minhas expectativas, muitos elogios. Nisto agradeço a Deus que se fez presente em todos os momentos. E quanto ao nome da clarinada da rainha acho que seja “clarinada da rainha elizabeth”, ou talvez tenha outro nome que no momento desconheço. Desde já agradeço pela atenção dispensada e muitíssimo obrigado pelas felicitações. Rogo a Deus que sua graça se faça presente em tua vida e que Ele abra o vosso coração e da vossoa família para que entendam o que Ele tem reservado para aqueles que o ama em Espírito e em verdade. Um grande abraço e que Deus te abençoe……………….

      • Fico feliz que tudo tenha dado certo, Abel. Felicidades para você e a esposa.

  5. Isaac Alves disse:

    Valeu pelas partituras das clarinadas e pelas dicas de estudo!

  6. mateus rodrigues jardim disse:

    olá preciso de partitura de clarinada. aguardo resposta.

  7. tulio medeiros disse:

    Boa noite!!!!
    Não consigo baixar as clarinadas.
    Pode me enviar por email???
    josetulio@yahoo.com.br
    Desde já agradeço.

  8. DEBORAH disse:

    Oii QUERIDO QUERIA MUITO QUE VOCE TOCASSE EM MEU CASAMENTO COMO ENTRO EM CONTATO CM TIGO BJUS DEBORAH QUEZIA

    • Conversamos por telefone. Embora esse não tenha sido meu objetivo aqui, fiquei feliz por poder participar desse momento feliz para vocês fazendo esse trabalho. Obrigado, Deborah.

  9. Luciano disse:

    ola´bom dia.
    Bom pratico trompete alguns anos,sempre foi por gostar do instrumento,mas nunca tive um professor,e agora tenho uma dúvida que preciso resolver, que e sobre a posição da linguá,a sua ponta fica encostada nos dentes inferiores ou superiores,bom pelo meu estudos aqui percebi que se ela esta encostada nos dentes inferiores as notas são emitidas com mais facilidades e boa entonação,mas para os agudos fica mais difícil,e o tal do stacato gutular nos agudos e complicado fazer,tem algum exercicio que posso praticar estas dificuldades.

    • Luciano, desnecessário dizer, mas os exercícios de flexibilidade são os melhores para exercitar a posição da língua. Um abraço.

    • Amigo, eu toco trompete a muitos anos e posso lhe dizer com propriedade.

      Vou ser sincero com Você, esquece este negocio de lingua, você vai pirar…se quiser tocar pensando onde deve posicionar a lingua…..serio mesmo.

      A coisa deve funcionar automaticamente, ou seja, sua lingua esta la no lugar dela e são exercicios que vão fazer com que ela va para o lugar certo quando estiver estudando. porem quando for tocar em alguma apresentação, a coisa vai funcionar no automatico..nem vai perceber.

      Você ja assoviou, ja foi do grave para o agudo, desde de criança tenho certeza que ja fez isso, e nem pensou em sua lingua, Deus é tão perfeito que ate nisso ele pensou. Assovie e sinta o movimento natural da sua lingua, indo do grave ate os agudos….tudo simplesmente natural..voce fez isso em toda sua vida e nem pensou na lingua….ela foi para o lugar certo dela para sair os graves e os agudos naturalmente….tocando trompete a coisa deve funcionar assim tambem.

      Uma dica estude muito FLEXIBILIDADE, veja se consegue no http://www.4shcred.com.br algum metodo com as pronuncias, eu ja consegui muito material bom, inclusive o Metodo ARBAN`S

      Voce deve tocar sim pensando na seguintes pronuncias: Ah para os graves….eh para as notas medias (dentro do pentagrama) iih para os agudos (acima do pentagrama) e shiiiiiii para os super agudos (pense numa chapa quente e um pingo de agua caindo) é o mesma pronucia..

      Voce deve estudar pensando nesta pronuncias, mas nao queira ja partir para os super agudos….voce vai se “machucar”, ninguem constroi uma casa pelo telhado, a base deve ser forte, ou seja vai bem devagar estudando os graves e medios e depois de estar muito bem preparado e confortavel, va subindo aos poucos…

      Metodos excelente e que tem as pronuncias:

      – Asa Methode
      – Louis Maggio

      Abraço
      Márcio Palermo

    • Eu digitei erroneamente o endereço do site:
      http://www.4shared.com

  10. Raiguer disse:

    caro abdalan da gama não consigo baixar as partituras de clarinada tem como vc me enviar via email???Desde já agradeço.

  11. Márcio disse:

    Amigo, por acaso você tem a Partitura da Clarinada da Rainha? Se puder envia-la em meu e-mail ficarei muito agradecido. Abração

  12. MOisés de Souza disse:

    aBDALA Você tem disponivel a Clarinada da Rainha da Inglateraa?

  13. wesley disse:

    Amigo gostei do material,quero usar e fazer um bom aproveito sobre esse materia.que Deus te abençoe mais e mais..
    wesley Rio de janeiro

  14. Claudio disse:

    Deus te abençoe muito!!!!!! É de muita bondade o q vc fez postando essas partituras,poucas pessoas fazem isso…..Saudações aqui de Sao Paulo ok!!! Um grande abraço.

  15. Alguém tem as partituras da clarinada da rainha?
    fabtrop@hotmail.com

  16. Gerson Luiz de Freitas disse:

    Parabéns pela iniciativa.
    Gerson

  17. Eliezer Junior disse:

    Nossa! Ajudou muito! O post já tá aqui faz algum tempo mas continua fazendo sucesso entre os trompetistas.
    Muito obrigado!

  18. Renato disse:

    Graaaaaaaande Abdalan lembra do Renatão da Uniara. Achei muito bom todo o material apresentado vou começar meus estudos depois te passo o resultado. Forte abraço e muito obrigado, Renato.

  19. mikeias disse:

    amigo vc pode manda as 10 clarinadas para o meu email pois não estou conseguindo baixar as mesmas. mikeiaslopes12@gmail.com

  20. Cláudio disse:

    Boa tarde meu grande amigo. Estou muito necessitando da partitura de piano da Clarinada da Rainha, pois tenho dúvida quanto aos compassos de harmonia dela. Já te agradeço!

  21. Fabio Simão disse:

    Oi Abdalan, sou o Fabio Simão de SP e só quero parabenizar pelo esforço. Bravo pela compilação! Me ajudou bastante em um trabalho que me passaram. Na ocasião me disseram que poderia ser clarinada da rainha, “pa-pa-rá”, 2001, Réquiem de Verdi, Viagem e algumas outras. Acabei descobrindo só no local.

    O único problema é que não consegui imprimir o arquivo. Mas mesmo assim salvou o dia!

    Mais uma vez muito obrigado.
    Forte abraço,
    Fabio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s