005 – Todo Trompetista de Jazz Sabe – As Escalas Maiores

Se há algo que o trompetista seja popular ou erudito deve conhecer, são as escalas maiores. Todas 12. Isso significa que ao tocar uma peça, ou fazer um improviso ele não é limitado pela falta de conhecimento de tonalidades geradas com qualquer número de acidentes. Isso é rudimentar, básico, fundamental.

Há inúmeras maneiras de formar padrões e sequências com escalas maiores. Nos exercícios abaixo você encontrará apenas no “padrão do-re-mi” nas sequências que geralmente o trompetista de jazz as pratica. Estude com diligência e use a partitura apenas como referência inicial. Ao aprender, toque cada exercício sem ler.

Para ir além use os exercícios propostos por Joseph Jean-Baptist Laurent Arban em seu conhecido método. Embora seja um livro que nunca usei, o método de Guillaume Balai (Méthode de Cornet a Pistons ou de Trompette ou de Saxhorn), o segundo, é muito orientado ao estudo de escalas.

Nota: As marcas de metrônomo são o objetivo que se deve alcançar e não como começar o estudo. Tenha sempre em mente que…

Todo Trompetista de Jazz Sabe:

005 – As Escalas Maiores

Sobre Abdalan da Gama

Músico em Vitória da Conquista - BA - Brasil
Esse post foi publicado em Todo Trompetista de Jazz Sabe, Trompete, Trumpet e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s